SER MÃE!

Ser mãe é bondade divina
É ser nobre como MARIA
Quê foi serva obediente
Fazendo só o que Deus queria.Ser mãe é obra de Deus
Mulher forjada na batalha
Feito a amada serva ANA
Orou a Deus que nunca falha.Ser mãe é ser corajosa
É as vezes ter que abrir mão
JOQUEBEDE cuidou do filho
Mas, enviou-o a outra nação.Ser mãe é prover milagre
Que é fruto das orações
REBECA que era estéril
Deu a luz a duas Nações.Ser mãe é ser mensageira
Vaso escolhido de Deus
Feito ISABEL e MARIA
Deus cumpriu o que prometeu.Ser mãe é ser paciente
Mesmo que tudo diga não!
Nove meses ou 25 anos
Como SARA e Abraão.Ser mãe é ensinar o filho
Nos caminhos do Senhor
Feito EUNICE e avó LOIDE
Quê a Timóteo ensinou.Ser mãe é ser virtuosa
É agir e dar salvação
Feito BATE-SEBA agiu
E ajudou o rei Salomão.Ser mãe é ser exemplo
Como a palavra ensina
Pode ser de certa idade
E ter coração de menina.Ser mãe é ser como abrigo
É ter amor no coração
Mãe tem sempre um lugar seguro
Tem carinho e proteção.#poesiadiadasmaes2019maioeveraldo
Parabéns à todas as mães 🤗😍

PALAVRA E SILÊNCIO

Quando me faltar palavras

E o silêncio for meu único verso

Quando me faltarem forças

Meu amor por ti confesso.

Quando o dia for embora

E a tarde logo chegar

A noite vem de mansinho

Meus olhos teimam em chorar.

Quando a palavra for silêncio

Na lembrança da canção

E as notas forem estradas

Dentro do meu coração.

Entre a palavra e o silêncio

Meu poema vai nascer

Na lembrança do teu beijo

Naquele novo amanhecer.

Everaldo Nascimento

Manaus Am

É SÓ UM POEMA

É só um poema gritando

Dentro do meu coração…

É só um poema dizendo

Da luta do sim e do não.

É só um poema gritando

Do cerne pro mundo afora!

É só um poema falando

Por que meu peito agora chora.

É só um poema gritando

Dentro da alma ferida

É só um poema que vem

Fazer parte da vida.

É só um poema gritando…

Este meu triste dilema!

É só um poema estranho…

É só um poema!É só um poema.

(Everaldo Nascimento-Manaus-Am).

“A ARTE DE SORRIR, CADA VEZ QUE O MUNDO DIZ, NÃO!”

A ARTE DE SORRIR, CADA VEZ QUE O MUNDO DIZ, NÃO!”: São frases da bela musica composta por Guilherme Arantes e cantada também por Maria Betânia, onde o poeta nos leva a pensar nos grandes desafios que a vida nos oferece e encarar as mudanças e os “Nãos” da vida, com um sorriso de quem sabe BRINCAR DE VIVER (titulo desta bela canção!). Sorrir, quando a vida diz “NÃO!”, nunca é fácil! E como descreve o poeta no inicio desta canção – muitas vezes é necessário voltar para o “ninho” e redescobrir nosso lugar, quem somos de verdade, enfrentar o dia a dia e reaprender a sonhar. Sorrir na adversidade de fato é uma ARTE que nos leva a entender o sentido real da vida, que ninguém de fato é o centro do universo, e que a emoção começa no momento em que trilhamos pelo caminho do amor e aprendemos A BRINCAR DE VIVER, desejando amar a todos que cruzarem o nosso caminhar poético. Isso é música! Isso é BRINCAR DE VIVER, isso é poesia. (Do Livro Dia a Dia. Com o Poeta – Everaldo Nascimento – Manaus – AM).